segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Pedalando na orla



Clique sobre a imagem para ampliá-la.
O vidro escuro da porta funcionou como um espelho, ampliou a imagem, e eu pude me ver na paisagem, passeando de bike na orla. A mesma porta que nos fecha entre 4 paredes, acabou abrindo horizontes e eu me vi em liberdade. Eu e minhas viagens, mas está tudo sob controle... por enquanto (rs). Ah, e subi o morro da Boa Viagem pedalando, potência 6.5 nas pernas, apesar das varizes e ferrugens, nessa foto estou quase chegando no MAC. O Museu de Arte Contemporânea nem precisa de tantas obras de arte, ele já é a obra de arte, e o visual de 360º da bela Baía da Guanabara (Rio, Niterói, Pão-de-Açúcar, Corcovado etc.) completam o cenário. Artes do Oscar Niemeyer e da natureza.

2 comentários:

tereza disse...

Realmente, aja energia e fôlego!
Lindas fotos!
e grande percurso!!!
Abroço

ney disse...

tereza,
Obrigado pela presença. Essas pedaladas começaram lá em criança, foi um bom percurso. Enquanto aguentar vou pedalando e fotografando, e viajando nas minhas modestas aventuras de hoje. Abraço/ney.