quarta-feira, 30 de março de 2011

NATUREZA...









fotos ney (clique para ampliá-las).

Libélula voando... passarinhos cantando... natureza em flor... luz, vida e amor. (ney)

terça-feira, 29 de março de 2011

FLOR DA VITÓRIA RÉGIA


foto ney (clique para ampliá-la). Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

domingo, 27 de março de 2011

OUTONO







foto ney (clique para ampliá-las)

Depois do passeio de sexta-feira (postagem anterior), sábado demos uma nova volta pelo Rio, é que o irmão mais velho está por aqui (está morando em Minas), então aproveitamos os dias de sol.

sexta-feira, 25 de março de 2011

OUTONO NO RIO







fotos ney (clique para ampliá-las)

Hoje no Rio... floresta da tijuca, Paineiras, Corcovado, orla da zona sul.

Sou carioca da gema mas não me canso de admirar a Cidade Maravilhosa. Não tem cura, vai piorando com a idade (rs). E os turistas continuam por aqui. Eu, meu filho e meu irmão fomos dar um passeio e umas clicadas pela cidade.

quarta-feira, 23 de março de 2011

FEMININO...


foto ney (clique para ampliá-la)

SHOPPINGS




fotos ney (clique para ampliá-las)
Gosto da vida ao ar livre, pedalar/caminhar na orla, pegar uma estrada, ou ficar em casa... mas um bom shopping também é uma boa pedida, muitas lojas, cinemas, lanches, não sabemos se ainda é dia ou noite, se chove ou faz sol. Vale transitar por essa vida urbana da distração e do consumo, principalmente quando o movimento é pequeno.

OS GUARDA-CHUVAS DO AMOR (clique aqui)


foto ney (clique para ampliá-la)
Os guarda-chuvas do amor; ou The umbrellas of Cherbourg ou Les Parapluies de Cherbourg foi um filme (musical) de sucesso nos anos 60.
Clique no título ou no endereço que segue (belas imagens). Catherine Deneuve (na época com 20 anos) trabalha na loja de guarda-chuvas de sua mãe, que desaprova o namoro com um mecânico. Romantismo da época - totalmente cantado.
http://www.youtube.com/watch?v=7EJioyICbjM&feature=related

ONLY YESTERDAY (clique aqui)


foto ney (clique para ampliá-la)
Clique no título ou no endereço abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=2YgzVJJevug
Carpenters nos dizem no tempo.

terça-feira, 22 de março de 2011

OUTONO (clique aqui)


foto ney (clique para ampliá-la)
Clique no título ou no endereço abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=2XwP32FEzZ0

segunda-feira, 21 de março de 2011

OUTONO CHEGOU COM CHUVA FINA


foto ney (clique para ampliá-la)
O outono chegou com chuva fina... lembrei de estrada do sol (Dolores Duran/Tom Jobim), que fez muito sucesso na voz de Agostinho dos Santos.
É de manhã... vem o sol mas os pingos da chuva que ontem caiu... ainda estão a brilhar... ainda estão a dançar... ao vento alegre que me traz esta canção.
Quero que você me dê a mão... vamos sair por aí... sem pensar no que foi que sonhei... que chorei, que sofri... pois a nossa manhã... já me fez esquecer... me dê a mão vamos sair... pra ver o sol.

sábado, 19 de março de 2011

LUA CHEIA


foto ney (clique para ampliá-la)
Nesses dias 19 para 20.03.2011 a lua cheia está bem grande e brilhante no céu, aqui diante da minha janela. Tanto brilho que nem deu para fazer uma boa foto, tinha que ser logo que nasceu atrás do morro.
Estou postando uma foto anterior feita aqui mesmo da minha varanda.
É que está ocorrendo um fenômeno conhecido como super “lua perigeu” – algo que só acontece a cada 18 anos. O resultado é que, ao nascer no leste, nosso satélite natural estará mais próximo da terra, e maior e mais brilhante do que o normal.

DILMA E OBAMA EM SINTONIA... (clique aqui)


Acho que Dilma disse bem em seu discurso. Ambos representam o avanço da liberdade e da democracia.
Discurso de Dilma:
http://www.youtube.com/watch?v=t2DxpvUh-Kg
Discurso de Obama: http://www.youtube.com/watch?v=6pnkjH3-DbY

sexta-feira, 18 de março de 2011

ESPAÇO VAZIO





.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
fotos ney (clique para ampliá-las)
Tem forma, corpo, volume que estão delineados pelo belo trabalho artístico. No seu interior o espaço vazio que não se pode tocar, mas perceber de muitas formas, pois na sua transparência propaga e revela-se igualmente a luz em diferentes intensidades e cores. Não tem flores ou qualquer outro elemento decorativo, mas se faz presente por si só, pelos seus contornos com arte e beleza.
Acho que de alguma forma ocupamos sempre um espaço, transmitimos impressões, despertamos sentimentos, alma, essência, vida, que vai além da matéria e transcende essa nossa passagem no tempo. Ao colocar a mão desejei interagir com esse espaço vazio, e me sentir um pouco dentro dele, tomar consciência da reflexão causada e registrá-la numa imagem. (ney)

quarta-feira, 16 de março de 2011

LUZ DE VELAS




foto ney (clique para ampliá-la)

Se for para viver sob tantos riscos, medos, ameaças, contaminações, possíveis guerras e destruições, deixando um eterno lixo nuclear para a humanidade (próximas gerações), tendo outras fontes de energia, seria melhor vivermos sob a suave luz de velas. (ney).

terça-feira, 15 de março de 2011

A SOMBRINHA


foto ney (clique para ampliá-la)
Ela esqueceu a sombrinha, vou deixar aqui secando no calor da luminária e entregar junto com essas flores. Gosto de sol e céu azul, mas esses dias chuvosos também são aconchegantes. Todo bom momento tem o seu encanto. (ney).

TIRO O CHAPÉU PARA ELA


foto ney (clique para ampliá-la)

segunda-feira, 14 de março de 2011

LUZES NO FINAL DO TUNEL


foto ney (clique para ampliá-la)
Passando pelo tunel de bicicleta resolvi parar e fotografar, a cidade estava vazia (carnaval), e o trânsito tranquilo.
Lembrei dos tantos textos, imagens e músicas que falam do tema... UMA LUZ NO FIM DO TUNEL.
E no photoshop imaginei e coloquei mais luzes no tunel. ///

NO SOSSEGO DA NOITE...
















fotos ney (clique para ampliá-las)
E no sossego da noite gosto de captar imagens de suaves luzes, seus reflexos, transparências, cintilações, sombras, formas. Um CLICK sintonia com tudo a minha volta. ney.

DOMINGO DE CARNAVAL NO RIO


foto e vídeo O Globo.
Depois do sábado de desfile das campeãs, o domingo de muita folia nas ruas do RIO. Veja o vídeo abaixo:

http://g1.globo.com/carnaval/2011/noticia/2011/03/multidao-lota-ruas-do-centro-do-rio-apos-desfile-do-monobloco.html

sábado, 12 de março de 2011

JEITOS DE SENTIR E DIZER...


foto ney (clique para ampliá-la)
O pensamento, a poesia, a imagem, são muitos os jeitos de sentir e dizer no tempo.
*****
Gaste seu amor. Usufrua-o até o fim. Enfrente os bons e os maus momentos, passe por tudo que tiver que passar, não se economize. Sinta todos os sabores que o amor tem, desde o adocicado do início até o amargo do fim, mas não saia da história na metade. Amores precisam dar a volta ao redor de si mesmo, fechando o próprio ciclo. Isso é que libera a gente para ser feliz de novo. Martha Medeiros.
********
QUANDO GHEGARES
Não sei se voltarás, sei que te espero. Chegues quando chegares, ainda estarei de pé, mesmo sem dia, mesmo que seja noite, ainda estarei de pé. A gente sempre fica acordado nessa agonia, à espera de um amor que acabou sendo fé. Chegues quando chegares, se houver tempo, colheremos ainda frutos, como ontem, a sós; se for tarde demais, nos deitaremos à sombra e perguntaremos por nós... J.G. de Araujo Jorge.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Digital/virtual/real... pede passagem para o seu carnaval.


foto e photoshop ney (clique para ampliá-la).
Vale inventar, sentir e dizer de todas as formas, com alegria e encantamento, imaginando a sensação dessa gente dançando para si e para os olhares da passarela do samba e de todo o mundo. Um sonho, uma história, que se materializa na união de todos, na alegria, na arte, na música, nos movimentos, fantasias, alegorias. Uma intensa luz feita de boas energias, sem guerras, ideologias, preconceitos, fundamentalismos. O simplesmente ser, dançar, cantar, sonhar e viver com amor no coração. (ney)

quarta-feira, 9 de março de 2011

QUE PENA! VAI TERMINANDO A GRANDE FESTA.





























fotos ney (clique para ampliá-las).
Imagens da Escola de Samba Mocidade Independente de Icarai, grande campeâ do Carnaval de Niterói. VIVA O CARNAVAL !

segunda-feira, 7 de março de 2011

CARNAVAL IV - Noite dos Mascarados



foto ney (clique para ampliá-la)

Noite dos Mascarados (Chico Buarque)

- Quem é você?
- Adivinha se gosta de mim!
Hoje os dois mascarados
Procuram os seus namorados
Perguntando assim:
- Quem é você, diga logo...
- Que eu quero saber o seu jogo...
- Que eu quero morrer no seu bloco...
- Que eu quero me arder no seu fogo.
- Eu sou seresteiro, poeta e cantor.
- O meu tempo inteiro, só zombo do amor.
- Eu tenho um pandeiro.
- Só quero um violão!
- Eu nado em dinheiro.
- Não tenho um tostão... Fui porta-estandarte, não sei mais dançar...
- Eu, modéstia à parte, nasci prá sambar.
- Eu sou tão menina...
- Meu tempo passou...
- Eu sou Colombina!
- Eu sou Pierrô!
Mas é Carnaval! Não me diga mais quem é você!
Amanhã tudo volta ao normal.
Deixa a festa acabar, deixa o barco correr,
Deixa o dia raiar que hoje eu sou
Da maneira que você me quer.
O que você pedir eu lhe dou,
Seja você quem for, seja o que Deus quiser!
Seja você quem for, seja o que Deus quiser!

Clique no título ou aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=47oVO1CjYIU&feature=fvwkrel

domingo, 6 de março de 2011

sábado, 5 de março de 2011

CARNAVAL III - Olê Olá




foto ney (clique para ampliá-la)
OLÊ OLÁ (Chico Buarque)

Não chore ainda não, que eu tenho um violão, e nós vamos cantar. Felicidade aqui pode passar e ouvir, e se ela for de samba há de querer ficar. Seu padre toca o sino que é pra todo mundo saber, que a noite é criança, que o samba é menino, que a dor é tão velha que pode morrer...
Olê, olê, olê, olá... tem samba de sobra, quem sabe sambar, que entre na roda, que mostre o gingado, mas muito cuidado, não vale chorar. Não chore ainda não, que eu tenho uma razão, pra você não chorar. Amiga, me perdoa, se eu insisto à toa, mas a vida é boa para quem cantar... meu pinho toca forte que é pra todo mundo acordar, não fale da vida, nem fale da morte, tem dó da menina, não deixa chorar.
Não chore ainda não, que eu tenho a impressão, que o samba vem aí... é um samba tão imenso que eu às vezes penso, que o próprio tempo vai parar pra ouvir. Luar, espere um pouco, que é pra o meu samba poder chegar, eu sei que o violão está fraco, está rouco, mas a minha voz não cansou de chamar.
Olê, olê, olê, olá... tem samba de sobra, ninguém quer sambar, não há mais quem cante, nem há mais lugar, o sol chegou antes do samba chegar, quem passa nem liga, já vai trabalhar... e você, minha amiga, já pode chorar.
http://www.youtube.com/watch?v=i9mnqnHWbyo&feature=player_embedded

quinta-feira, 3 de março de 2011

FUI !


foto ney (clique para ampliá-la)
... e se a gente não vai, a gente inventa, sonha, imagina. Esse é o mundo digital/virtual/real/carnaval.
Mas desde criança eu gostava do carnaval, nas ruas, nos blocos, nos clubes. Na adolescência íamos aos locais mais quentes, Estudantina, Associação dos Empregados do Comércio e outros. Vi todas as escolas de samba desfilando na passarela, vi desfiles das campeãs, vi as de Niterói quando ainda desfilavam aqui, vi as da região serrana, de Cabo Frio. Depois acompanhava os filhos e netos nos clubes. Não sou exatamente um folião, mas gosto de ver, chegar junto, e ouvindo uma bateria de escola de samba não dá para ficar parado. E nem preciso de cervejinha ou cervejão, se entrar no ritmo não quero mais sair. E todo ano algum bloco eu vou ver, as ruas mais animadas, voltou o carnaval de rua e o carioca está caindo no samba. É só chegar na cadência mais lenta da terceirona... ou esquecer que ela existe. Nem que seja para dar um CLICK na animação.

quarta-feira, 2 de março de 2011

CARNAVAL



foto ney (clique para ampliá-la)

QUEM TE VIU E QUEM TE VÊ (Chico Buarque)

Você era a mais bonita das cabrochas dessa ala
Você era a favorita onde eu era mestre-sala
Hoje a gente nem se fala mas a festa continua
Suas noites são de gala, nosso samba ainda é na rua

Hoje o samba saiu, lá lalaiá, procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais esquece não pode reconhecer

Quando o samba começava você era a mais brilhante
E se a gente se cansava você só seguia a diante
Hoje a gente anda distante do calor do seu gingado
Você só dá chá dançante onde eu não sou convidado

O meu samba assim marcava na cadência os seus passos
O meu sonho se embalava no carinho dos seus braços
Hoje de teimoso eu passo bem em frente ao seu portão
Pra lembrar que sobra espaço no barraco e no cordão

Todo ano eu lhe fazia uma cabrocha de alta classe
De dourado eu lhe vestia pra que o povo admirasse
Eu não sei bem com certeza porque foi que um belo dia
Quem brincava de princesa acostumou na fantasia

Hoje eu vou sambar na pista, você vai de galeria
Quero que você me assista na mais fina companhia
Se você sentir saudade por favor não dê na vista
Bate palma com vontade, faz de conta que é turista

A poesia de Chico Buarque diz com música de todos os sentimentos, de tudo que acontece a nossa volta nessa imensa roda viva da vida. Viva o carnaval de rua, dos blocos, dos clubes, das avenidas, passarelas, fantasias e do nosso samba. (ney)
http://www.youtube.com/watch?v=a62maWloQHQ

terça-feira, 1 de março de 2011

SONHO DE CARNAVAL





foto e photoshop ney (clique para ampliá-la)
Chico Buarque diz com música e poesia de todos esses nossos sentimentos, de tudo que acontece a nossa volta nessa imensa roda viva da vida. (ney) Viva o carnaval de rua, dos blocos, dos clubes, das avenidas, passarelas, fantasias e do nosso samba.
http://www.youtube.com/watch?v=NJPOSsy5MNo