segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

A NAMORADA NO PORTÃO




Imagens e momentos que cintilam no tempo.








Ela me esperava no portão
De longe eu via seu sorriso
Que me enchia de alegria

Beijos e abraços
Doces palavras, carinhos
Brilho no olhar

Sair a passear
Mãos dadas, felizes
Sem rumo, sem pressa

Ir ao cinema
Tomar um sorvete
Na pracinha namorar

Amar e ser amado
Sentir em cada momento
A vida do tamanho do mundo. (ney)

4 comentários:

Dulce disse...

Ney
Ah, eram doces os tempos de namorados...
Um lindo amor esse que envolveu vocês na juventude e continuou em seus coraçoes...

ney disse...

Ah, sim... os inesquecíveis anos da juventude, ainda mais nos "anos dourados", que foram mesmo especiais. Os namorados são eles e o mundo, depois viram casais, pais, avós e viverão outros amores e circunstâncias. E vai a vida se renovando e vamos nós namorando todos os possíveis momentos. E como dizem os poetas, todos as estações têm seus encantos.

ISA disse...

Gostei deste poema e das palavras de ney que, aqui, cito: "Os namorados são eles e o mundo, depois viram casais, pais, avós e viverão outros amores e circunstâncias. e vai a vida se renovando e vamos nós namorando todos os possíveis momentos.E como dizem os poetas, todos as estações têm seus encantos." Eu como poeta vou mais longe, amigo: E digo aqui que, todas as idades têm seus encantos.
Jiiiinhos
Isa
Portugal
Postagem
P.S. Vos espero nos meus blogs. Serão sempre bem-vindos.

ney disse...

Isa,
Obrigado pelo seu comentário, pelas palavras gentis, por ter gostado, o que sempre nos alegra e cria motivações. Vou sim visitar seu blog. ney///