sábado, 4 de dezembro de 2010

PELA FLOR AMARELA



foto ney (clique para ampliá-la)

"Pela flor amarela viajaremos:
afastaremos as nuvens espessas
e as florestas de espinhos.

Pela flor amarela, vamos e voltamos,
por escadas escuras, corredores estreitos,
falando a desconhecidos.

Onde está, dizei-nos, a flor amarela?
Era minha? Era vossa? era do seu próprio instante,
era sua, cativa por algum caçador floral?

Pela flor amarela atravessaremos a pedra,
o vidro, o metal, as palavras.
Atravessaremos o coração, como quem se mata.

Atravessaremos um novo mar desconhecido,
correremos Áfricas e Ásias, pólo e trópico,
e jogaremos nossa vida entre as estrelas.

A flor amarela está guardada em si mesma,
seu perfume, sob mil pétalas tranquilas,
seu pólen resguardado contra o vão descobrimento."

Cecília Meireles - Um ótimo trabalho sobre Cecília em http://www.vidaslusofonas.pt/cecilia_meireles.htm

2 comentários:

Mai disse...

E você escolheu um poema a altura e o ilustrou com esta bela flor.

Maravilha de fotografia, Ney.

Como eu gosto desta flor amarela.

ney disse...

Obrigado, Mai, por essa presença amiga, por essa força, pelas atenciosas e carinhosas palavras.
Cecília e toda uma história de vida, de momentos tão difíceis, mas reinventada em força, amor e poesia; os mistérios, os sonhos, a dedicação a tudo e todos a sua volta, à família, às crianças, a educação, as viagens e o eterno aprendizado. A fragilidade da vida, a angústia, a esperança da libertação, flor e coração nos deixando a mais linda poesia. ney/