quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

OS QUE NÃO CHEGAM JUNTO (clique aqui)

Vergonha para humanidade, crueldade.

Um comentário:

nacasadorau disse...

Amigo Ney!

Possivelmente não volto antes do Natal!

Beijo e Feliz Natal para si, amigo de sempre e dos bons :)))

Este Natal …

Um tempo,

Um espaço,

O abraço.

É o Natal de sempre

Igual a outros Natais de outros tempos,

Igual a si mesmo na manifestação,

Na celebração,

No acontecimento.

Todo o enfoque que lhe damos,

Tudo que o envolve amarra e ata

São proveito e proventos

De manifestações acordadas,

Temperadas e outorgadas

Pelos tempos instalados,

Presentes no desassossego

Das nossas vontades,

Ausentes na luz da madrugada

E na lonjura do brilho da safira.

O Natal será sempre

Um Tempo,

Um Espaço,

Uma época,

De sementeira de amor,

De enxugar a dor

No grito gritado,

No dardo lançado,

Na meta traçada,

Na mão amarrada

Ao cais da esperança.

O Natal deste tempo

Será sempre e quando

O Homem estiver disponível

Na leira do seu coração.

Natal de 2010

Maria José Areal


Abração