sábado, 6 de março de 2010

VÔOS DA VIDA



Fotos ney.






Fotos ney. Clique para ampliá-las. Enquanto uma abelha vibra suas asas 4 vezes por segundo e muitos mosquitos imprimem até 8 batidas, a libélula bate suas asas 50 vezes por segundo, consegue mesmo planar. Sorte minha ter fotografado esses lindos momentos. Ah, e muita paciência, mas valeu a pena.

É linda a vida que voa livre
E sempre sem ter fim.
Descortinando caminhos
Que em meio à poesia
Um dia trouxeram você pra mim.

É lindo o sonho que eu vivi
Junto a você que dorme agora
Enquanto eu, olhando a aurora,
Estou pensando em ti.

Trecho da Música Vôos da vida - Toquinho/Mutinho.

4 comentários:

Fernanda disse...

Amigo Ney!

Agora que encontrou a minha Casa mesmo, espero que tenha gostado e que volte muitas vezes.

Adorei as suas fotos...perfeitas e belíssimas.
O poema é divinal!
Parabéns

Amapola disse...

Boa tarde, Ney.
Que fotos maravilhosas...
O poema também!

Um bom domingo.
Um grande abraço.

Ana Martins disse...

Boa noite Ney,
a Ná tem razão, o poema é mesmo divinal, quanto ás fotos muito bem conseguidas, momentos de paciencia esses mas valeram bem a pena.

Beijinhos,
Ana Martins

ney disse...

Fernanda, Amapola e Ana,
Obrigado pelas presenças amigas, pelos comentários carinhosos, fico mesmo feliz em captar esses momentos, para apreciar com mais detalhes a leveza e beleza da natureza. Abraços/ney.