quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

QUANDO, LÍDIA, VIER O NOSSO OUTONO







Clique para ampliá-las (fotos ney).

Quando, Lídia, vier o nosso outono
Com o inverno que há nele, reservemos
Um pensamento, não para a futura
Primavera, que é de outrem,
Nem para o estio, de quem somos mortos,
Senão para o que fica do que passa
O amarelo atual que as folhas vivem
E as torna diferentes.

Ricardo Reis - Odes De Ricardo Reis

4 comentários:

heli disse...

Ney.

Estas fotos ficaram lindas.Como sempre suas clicadas são especiais.
bjs.
heli

ney disse...

Obrigado, heli, mistura de primavera/verão. bjs/ney.

Ignoto Jardim disse...

Linda foto, e lindo trecho do poema de Ricardo Reis, o heterônimo árcade de Fernando Pessoa...

ney disse...

Obrigado, Ignoto, pela sua presença e comentário. Ótimo final de semana. Abraço/ney.