quinta-feira, 18 de junho de 2009

VEM CHEGANDO O INVERNO





Clique sobre as imagens para ampliá-las (fotos ney).
.
Domingo chega oficialmente o INVERNO. Mas ele já andou dando o ar da sua graça, as temperaturas despencaram bastante. Foi chegando assim de mansinho, as nuvens baixas envolvendo as montanhas, a garoa caindo fininha, e prometendo muito frio para este ano. Casacos e sombrinhas a postos! A coisa vai pegar. Acho que foi adiado o tal aquecimento global, já há mesmo quem diga cientificamente o contrário, e seriam ciclos naturais... Tomara! Tanta coisa se diz para ser notícia, eu não sei.
Ah, e o guarda-chuva?! Mais um volume a se carregar... abrir, fechar, secar. Mas, por favor! Nada de galochas (aquelas de antigamente). Eram horríveis, calçados de borracha fina e flexível que se colocavam envolvendo os sapatos, para proteger o couro da umidade (os sapatos de camisinha...rs). Ficávamos parecendo um ET. Coisa lá do tempo dos sapateiros, quando também colocávamos meia-sola no solado de couro dos sapatos quando furavam. Era, na verdade, um remendão. Mas se ficasse o buraco, molhava a meia e os pés, ou se queimava nas pontas de cigarros no chão. Quem não tinha dinheiro colocava jornal dentro do sapato para esquentar os pés. E ainda se usava uma chapinha de metal no solado, para evitar o desgaste prematuro da sola do sapato... um barulhinho de metal caminhando pelas ruas.
Assim são os tempos, as modas, os costumes, os jeitos de ser. E vamos nós para mais um inverno... ney/
.
O inverno cobre minha cabeça, mas uma eterna primavera vive no meu coração. Victor Hugo.
.
É no meio de um inverno eu finalmente aprendi que havia dentro de mim um verão invencível. Alberto Camus.

2 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

Belíssimas imagens suas e aplaudo a sapiência de Camus, muito belo.

lindo dia
beijos

ney disse...

Márcia,
Obrigado. Ah, e aprendi mais sobre Camus com a sapiência de uma poetisa. Ela diz tanto em breves palavras. Eu gostaria de saber dizer assim. Fica para a próxima vida. Vou tentando nas minhas fotos amadoras. ney/